Arqueologia
Destaques
       O Núcleo de Arqueologia e Etnologia de Marabá-NAM, teve como marco inicial a identificação de material arqueológico à margem direita o rio Tocantins, próximo à Vila Espírito Santo, em Marabá no ano de 1978. Posteriormente, com a criação da FCCM, em 1984, os estudos e a documentação de sítios arqueológicos na região foram incluídos nas atividades da Casa da Cultura.
Em 1987, a FCCM criouo setor de Arqueologia, que passou a centralizar esses estudos, e no ano de 1999, face ao aumento de atividades e de área de atuação, foi criado o Núcleo de Arqueologia de Marabá , que assumiu as atividades e o acervo do antigo setor. 
 
       No ano de 1999 a FCCM recebeu do Instituto do Patrimônio Histórico Artístico Nacional o prêmio Rodrigo Mello Franco de Andrade, pelos estudos e trabalhossobre conservação  do acervo e dos valores natural, cultural, histórico e arqueológico da região, realizados com apoio e participação ativa da comunidade. Em 2005, o NAM assumiu o acervo etnográfico da Fundação, passando assim a estudar a etnologia da região.
 
       Em 2008, o Núcleo de Arqueologia inicia os trabalhos de consultoria arqueológica em consonância com as fases de licenciamento ambiental: Para a obtenção da Licença Prévia – LP a fase arqueológica tem a sua correspondente no Diagnóstico Arqueológico, enquanto na fase de Licença de Instalação – LI, deve ocorrer no que se refere à arqueologia, a fase de Prospecção. Por fim, para a obtenção de Licença de Operação, exige-se a fase de Resgate Arqueológico.
 
       Como instituição de pesquisa, o NAM desenvolve atividades de campo (identificação e registro de sítios arqueológicos; documentação e estudos de manifestações culturais em geral; coletas de material); trabalhos em laboratório (análise de material coletado); manutenção de acervo, além de divulgação (exposições, palestras, apoio à pesquisa escolar, apoio a pesquisa acadêmica) e educação ambiental/patrimonial. Ao longo destes anos de atividades, o NAM tem desenvolvido um extensivo trabalho na proteção aos sítios arqueológicos e na região de conhecimento sobre a ocupação pré-histórica da região. Atualmente o Núcleo de Arqueologia e Etnologia de marabá possui um acervo arqueológico com mais de 450 mil peças, que incluem artefatos cerâmicos, líticos e ósseos, além de um cadastro contendo a identificação de 315 sítios arqueológicos nos Estados do Pará, Maranhão e Tocantins. O desenvolvimento de pesquisas associadas ao extenso e diversificado acervo arqueológico faz da instituição um centro de referência.
 
   
 

 

 

A revista o Penta edição comemorativa dos trinta anos da FCCM, tem como objetivo a divulgação do nome de nossa cidade,seus valores,sua tradição, suas linguagens,bens culturais,materiais e imatereriais, suas surpreendentes descobertas científicas-arqueologicas, espeleológicas, botânicas, zoológicas e entomológicas Clique aqui.


   Rico em informações, imagens e historias marcantes o livro balsa de buriti narra em detalhes a expedição fluvial que marcou o aniversario de 100 anos de Marabá em 2013.O lançamento do livro aconteceu na noite de 28/04/2015.

 

Foi realizada nos dias 08 à 10 de Abril de 2016, no Shopping Pátio Marabá, a 14ª Exposição de Orquideas do municipio.

 
Depois de muitas dificuldades para transportar a carga de buriti, da cidade de Goiatins (TO)...
 Clique aqui.
 

A revista do patrimônio arqueológico de Marabá, temo como objetivo preservar e resgatar o patrimônio historico e arqueólogico da regiao preservando a memória e a identidade de um povo para gerações futuras.       .  Clique aqui.

 

Mais da Fundação

Institucional
Publicações
Agenda
Museu
Download
Arquivo Histórico
Arquivo Fotográfico
Pinacoteca
Escola de Música
Biblioteca

Relacionamento

 /casadacultura

@casadacultura

Contato

fccmaraba@hotmail.com
Fone:(94) 3322-2315
Fone:(94) 3322-4176